História da Ilha da Madeira

images
A Ilha da Madeira foi descoberta em 1419, data que corresponde provavelmente ao início do povoamento. João Gonçalves Zarco foi o comandante da expedição que, ao serviço do Infante D.Henrique, “descobriu” o Porto Santo em 1418 e a Madeira em 1419. Nesta viagem foram companheiros de Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo. Apesar do Porto Santo ter sido descoberto antes da Madeira, a verdade é que foi esta a primeira das ilhas a ser povoada, isto porque a primeira tentativa de povoar o Porto Santo não resultou devido à aridez do solo.
Tristão Vaz Teixeira
A distribuição das terras foi feita por estes três povoadores e as ilhas da Madeira e Porto Santo foram divididas em três capitanias. A vertente sul da Madeira ficou a cargo de João Gonçalves Zarco (1450),a vertente norte coube a Tristão Vaz Teixeira (1440) e a ilha do Porto Santo foi entregue a Bartolomeu Perestrelo (1446).
Bartolomeu Perestrelo
A Madeira foi a primeira ilha a ser efectivamente ocupada por colonos europeus, nomeadamente franceses, italianos, espanhóis, ingleses e flamengos. A população não-nobre provinha do Algarve e do Minho. A ilha oferecia aos povoadores madeira para as casas, para a construção naval e, mais tarde, para exportação. Possuía também água em abundância, aves e peixes, que não tardaram a ser um meio muito importante de subsistência dos colonos. [Montanhas] Para subsistir entre o arvoredo, foi necessário improvisar habitações, desbravar as terras (por meio do fogo), onde em seguida se lançavam as sementes e o gado trazido do continente.